Líquidos em voos nacionais e internacionais

Uma dúvida muito comum entre pessoas que vão viajar é a quantidade de líquido que pode ser levado a bordo das aeronaves.

VOOS NACIONAIS

Em voos domésticos, dentro do Brasil, pode-se levar até 4 frascos de aerossóis de até 300 ml/g cada, sendo estes aerosóis utilizados para a higiene pessoal ou para uso médico.

Perfumes podem ser levados em recipientes de até 500 ml, sendo que o total transportado não pode ultrapassar 5 litros.

Bebidas alcoólicas podem ser levadas na aeronave, sendo que o máximo permitido são 5 volumes de até 1 litro cada, com percentual alcoólico abaixo de 70%, na embalagem original do fabricante.

Caso ultrapasse os  limites estabelecidos ou fuja às condições especificadas, o que estiver irregular deve ser despachado ou serão descartados.

 

VOOS INTERNACIONAIS

Em voos internacionais, todos os líquidos, como por exemplo gel, pasta, creme e similares, devem ser conduzidos em frascos com capacidade de até 100 ml e juntos não podem exceder à capacidade de um litro.

Qualquer líquido a ser levado a bordo da aeronave deve ser armazenado em frascos transparentes com capacidade máxima de 100ml.

O limite total por passageiro é de 1 litro, ou seja, casa passageiro pode levar até 10 frascos contendo 100 ml em cada um.

Não é permitido o transporte de aerossol a bordo de aeronaves em voos internacionais, salvo se indispensável por motivos excepcionais.

O acondicionamento dos frascos deve ser feito em uma embalagem plástica transparente preferencialmente com fechamento hermético (tipo ziplock). Isso porque deve-se facilitar a inspeção dos agentes de segurança do aeroporto.

Os líquidos que são aceitos sem restrições nos voos são substâncias e alimentos médicos indispensáveis para a saúde e alimentos nutricionais específicos receitados para o passageiro, assim como comida para bebê (quantidade para a duração do voo). Também podem embarcar remédios acompanhados por um documento emitido por um médico, que comprove sua necessidade.

Caso ultrapasse os  limites estabelecidos ou fuja às condições especificadas, o que estiver irregular deve ser despachado ou serão descartados.

 

VOO INTERNACIONAL COM CONEXÃO

Para quem vai fazer um voo internacional e antes ou depois deste uma conexão em voo nacional, lembre-se que ao voo nacional aplicam-se as regras deste e ao voo internacional aplicam-se as regras deste.

Cuidado para não levar líquido de mais no voo nacional e ser obrigado a despachar ou descartar no voo internacional, por ser este mais restritivo.

 

Não deixe de consultar sua companhia de aérea para saber se existem outras normas específicas!

Anúncios

Autor: machadoprik

Dizem que o nosso destino não está dentro de nós, que não escolhemos nossa sina. Mas a verdade é que nós temos que ser valente o bastante para escolhê-lo.