Palácio de Versalhes

O Palácio de Versalhes foi construído para ser a moradia da família real, durante o governo do Rei Luís XIV, o “Rei Sol”.

Em 1664 iniciou a construção e em 1682, a família real mudou-se para o Palácio.

Com a ida da família real de Paris para Versalhes, a Corte de Versalhes tornou-se o centro do poder do Antigo Regime na França.

A família real permaneceu em Versalhes até 1789, quando voltou forçada para Paris.

Ao longo das décadas seguintes o Palácio de Versalhes foi se expandindo até tornar-se um dos maiores palácios do mundo.

Nestas ampliações foram sendo construídos apartamentos reais, cozinhas e estábulos – que formaram o Pátio Real,

 O Laranjal, o Grande Trianon, as alas Norte e Sul do Palácio, a Capela e Galeria de Espelhos.

O Palácio conta com 2 153 janelas, 67 escadas, 352 chaminés, 700 quartos, 1 250 lareiras e 700 hectares de parque.

A Galeria de Espelhos é uma sala com 73m de comprimento, 12,30m de altura e é iluminada por dezessete janelas que têm à sua frente, espelhos que refletem a vista dos jardins. Ficou famosa por ter sido lá que foi ratificado o Tratado de Versalhes, em 1919.

A antiga moradia da família real foi transformada em um  museu de história. Vários cômodos são mantidos com móveis e objetos da família real. Em outros cômodos e em seus corretores são expostos vários tipos de obras de arte.

 

Assista ao vídeo e veja as imagens deste Palácio!

 

Anúncios

Autor: machadoprik

Dizem que o nosso destino não está dentro de nós, que não escolhemos nossa sina. Mas a verdade é que nós temos que ser valente o bastante para escolhê-lo.