Porte dos diferentes tipos de empresa

No Brasil, o que determinam o porte da empresa é o faturamento anual e o número de empregados que possui.

 

Microempreendedor Individual (MEI)

O Microempreendedor Individual (MEI) deve possuir a receita bruta anual no valor máximo de R$ 81 mil e possuir no máximo um funcionário, que deve receber um salário mínimo ou o piso salarial de sua categoria.

 

Microempresa (ME)

A Microempresa (ME) deve possuir a receita bruta anual igual ou inferior a R$ 360 mil e a quantidade máxima de 19 funcionários se for indústria ou a quantidade máxima de 9 funcionários se for comércio ou serviços.

A sua tributação pode ser pelo Simples Nacional, desde que não tenha impedimento de acordo com a natureza da atividade exercida.

 

Empresa de Pequeno Porte (EPP)

A Empresa de Pequeno Porte (EPP) deve possuir o faturamento anual acima de R$ 360 mil mas até o limite máximo de R$ 3,6 milhões. E deve possuir de 20 a 99 empregados em caso de indústria ou de 10 a 49 empregados em caso de comércio ou serviços.

A sua tributação pode ser pelo Simples Nacional, desde que não tenha impedimento por desenvolver atividade de natureza que não se enquadre nesse molde de tributação.

 

ATENÇÃO: De acordo  com o BNDES, empresas que possuem o faturamento anual entre R$ 3,6 milhões e R$ 16 milhões anuais se enquandram como Empresa de Pequeno Porte. Porém, este faturamento não se enquadra no Simples Nacional.

 

Empresa de Médio Porte

A Empresa de Médio Porte deve possuir a renda bruta anual acima de R$ 16 milhões, mas até no máximo R$ 300 milhões. E ter de 100 a 499 funcionários em caso de indústria ou 50 e 99 funcionários em caso de comércio ou serviços.

 

Empresa de Grande Porte

A Empresa de Grande Porte deve ter o faturamento anual acima de R$ 300 milhões. E deve ter mais de 500 empregados em caso de indústria ou mais de 100 empregados em caso de comércio ou serviços.

 

 

 

Autor: machadoprik

Dizem que o nosso destino não está dentro de nós, que não escolhemos nossa sina. Mas a verdade é que nós temos que ser valente o bastante para escolhê-lo.

Deixe uma resposta